sexta-feira, 31 de outubro de 2008

Papo Hippie



Um dia, sei que vou embora. Não sei quando... se está perto, se está longe... Só sei que quando este dia chegar, eu irei em paz. Irei em paz porque sei que durante a minha caminhada, eu tentei cultivar o amor. Digo cultivar pelo fato de ser uma tarefa muito difícil e sei que em muitos momentos eu não consegui, aliás estava longe disto. Mas fico tranqüilo, pois o que vale é a tentativa.

É errando que se aprende. Acredito ser importante prestar atenção em nossos erros e lembrar-nos de que devemos amar sempre, em todas as ocasiões.

Só conseguiremos ter um mundo melhor no dia em que tomarmos consciência de que é o comportamento individual que forma o coletivo, se eu me comportar como uma célula doente, não haverá corpo saudável. Só haverá um mundo melhor, se eu melhorar. A coisa depende de mim e não só dos outros. Portanto, procuro agir como uma célula sadia.

Desejo que todos vocês estejam nesta mesma vibração.

Que todos nós consigamos partir em PAZ!

PAZ E AMOR!

2 comentários:

Henrique Botarelli disse...

A paz só será alcançada quando todos abrirem a cabeça, desapegarem dos bens materias.

Quando todos se importarem com a fome, miséria e todos os outros problemas sociais.

Mas mesmo assim alguns de nós ainda conseguimos viver com paz, em equilibrio com o mundo, como woodstock ou o jardim do Éden.

Talvez seja maior prova de DEUS, ainda existir pessoas assim.

http://henriquebotarelli.blogspot.com/

Mtu bom suas ideias, abraço!

Persona Rocha .:. disse...

Muito obrigado!

Caminho

"Meu destino depende de mim, não de Deus. Os estrategistas não acreditam em predestinação, ensinam pessoas a examinar suas situações e ...