segunda-feira, 16 de julho de 2007

Hz

Já começo o assunto lembrando que somos um espírito e que para interagirmos neste planeta necessitamos de uma roupa de astronauta, neste caso um corpo imbuído de mente.
Como sempre, a sabedoria dificilmente se encontra aparente, então temos que trilhar por mundos ocultos se quisermos obter respostas... Desta forma, ao vasculhar algumas Leis Universais, me deparei com algo eternamente importante: FREQÜÊNCIA.

Tudo no universo possui uma freqüência, há “freqüências altas” e “freqüências baixas”, as similares se atraem e as opostas se repelem. O que poucos sabem é que qualquer ato de um espírito contém freqüência, conseqüentemente esta característica também acaba pertencendo aos humanos.

Para elevarmos nossa qualidade de vida devemos obter controle de nossos atos, pois como acabei de dizer, freqüências similares se atraem e conseqüentemente quanto mais sublime nossos pensamentos melhor será.

Infelizmente a estrutura social global terráquea é completamente impregnada de freqüências não elevadas, fazendo com que sejamos influenciados constantemente. As invasões aparecem em tudo e em um primeiro momento é muito comum entrar em nossa moradia pelos meios de comunicação em massa: Televisão, Rádio, Internet, etc. A mídia é a grande responsável pela divulgação de baixas freqüências, trazendo até nós pensamentos egoístas, necessidades desnecessárias, violências, traições, medos e uma série de outros pensamentos corrosivos à nossa energia divina.

Policiando-nos teremos a oportunidade de exercitarmos o controle da situação, mudando de freqüência assim que percebemos algo não sublime em nossos atos. Quanto mais praguejamos, mais mundana se torna nossa vida, pois para toda ação sempre há uma reação proporcional à freqüência expressada.

Ao trabalharmos pacientemente nossos atos e elevando moralmente nossos pensamentos o cotidiano será mais prazeroso, pois nossa freqüência se elevará, nossa vida trilhará serenamente e os problemas se tornarão infinitamente menores.

Nenhum comentário: