sexta-feira, 20 de julho de 2007

Poder da Invisibilidade

Em um lugar pertencente à Via Láctea, onde a matéria ainda é muito densa, houve uma séria reunião de cúpula, cujo tema caminhou em direção à invisibilidade. Na conferência encontravam-se vários fritados: Persona Circunspecto, Persona Energia, Persona Positiva, Persona Yang e eu, Persona Rocha. Vez ou outra, apareciam outros dois observadores: Expert Sivuca e Expert Ranhura, estes pertenciam a um estado de consciência diferenciado. Percebi isto ao reparar em seus trajes espaciais.

A conferência foi longa e proveitosa. Persona Circunspecto e Persona Energia apresentaram o tema, naquele momento exterior aos meus conhecimentos, porém agora já assimilado.

Aqui no Planeta Azul, uso este poder de acordo com as condições terráqueas. Para tal é necessário o mínimo de sabedoria, aliás é a sabedoria que leva-nos à invisibilidade.

Como nossa roupa de astronauta é muito densa, temos que imitar a atitude de alguns animais, pois eles são bem desenvolvidos neste assunto. Assim sendo, a invisibilidade terráquea possui inspiração no mimetismo e na camuflagem.

Ser invisível é não deixar pistas por onde passamos, ter a capacidade de aparecer apenas quando necessário e se adequar ao meio, não destoando. Quanto mais sutileza, mais sublime nos tornamos. Este poder também requer pleno controle da voz e principalmente das palavras.

A invisibilidade além de ser fundamental para nossa proteção, também faz adquirirmos a capacidade de não alterar negativamente o ambiente em que freqüentamos, pelo contrário, contribui para a harmonização. Ao usarmos este poder, nossa energia positiva se fortalece e naturalmente passamos a ter a capacidade de doá-la aos mais fracos.

Qualquer terráqueo pode se tornar invisível, é apenas uma questão de consciência.

Nenhum comentário: